Veículos Sustentáveis para a Mobilidade Urbana nas Cidades do Futuro

Authors

  • Thiago de Souza Beté Universidade Nove de Julho UNINOVE
  • Diego De Melo Conti Universidade Nove de Julho UNINOVE
  • Meriellen Nuvolari Pereira Mizutani Universidade Nove de Julho UNINOVE
  • Carlos Alberto Nunes de Oliveira Universidade Nove de Julho UNINOVE https://orcid.org/0000-0002-8007-3458

DOI:

https://doi.org/10.26668/businessreview/2020.v5i1.169

Keywords:

Automóvel, Cidade do Futuro, Mobilidade Urbana, Sustentabilidade, Veículos Elétricos

Abstract

Objetivo: A pesquisa apresenta, analisa e discuti o conceito de mobilidade urbana sustentável, pertinente a concepção dos veículos sustentáveis que o comércio está oferecendo no Brasil como uma prática para a mobilidade urbana nas cidades do futuro, devido a utilização de energia limpa e eficiente, além da questão ambiental ser beneficiada ao país.

Método: Iniciado com uma pesquisa bibliográfica ao tema e somando-se a uma visita técnica ao Salão Internacional do automóvel de São Paulo, evento (2018).

Contribuições teóricas/metodológicas: Compreender os avanços em mobilidade sustentável, com a visita técnica ao Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, somada ao estudo bibliográfico sobre o tema, constatou-se que as empresas e pesquisadores de veículos, estão seguindo duas concepções em linhas paralelas, do qual uma compete ao tema da sustentabilidade e a outra da tecnologia que se completam no campo da inovação. 

Contribuições sociais / para a gestão: A governança aplicada nas cidades, devem acompanhar a inovação da indústria pertinente aos veículos elétricos e híbridos, para as cidades do futuro com a mobilidade urbana sustentável. Tais inovações já norteavam o meio científico há muitos anos, mas que neste momento se tem o avanço da tecnologia com a diminuição dos custos envolvidos na indústria e a otimização dos veículos autônomos. 

Resultados: Os esforços das empresas e organizações no aprimoramento dos veículos sustentáveis e da governança perante as novas tecnologias, vem influenciando na mobilidade das cidades do futuro, influenciando inclusive no comando do veículo com a ausência do motorista e contribuindo para a evolução gerencial das cidades.

 

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Thiago de Souza Beté, Universidade Nove de Julho UNINOVE

Mestrando no programa de pós-graduação stricto sensu em Cidades Inteligentes e Sustentáveis pela Universidade Nove de Julho. Bacharel em Aviação Civil e Especialista em Segurança de voo pela Universidade Anhembi Morumbi, Professor orientador de trabalhos de conclusão de curso em aviação. Professor de aulas teóricas de piloto privado e comercial de avião e helicóptero. Aluno piloto pelo Aeroclube da cidade de Bragança Paulista. 

Diego De Melo Conti, Universidade Nove de Julho UNINOVE

Professor e pesquisador do programa de pós-graduação em Cidades Inteligentes e Sustentáveis da UNINOVE. Doutor em administração com foco em governança local e cidades sustentáveis pela PUC-SP, tendo realizado um estágio doutoral na Leuphana Universität Lüneburg na Alemanha através do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior com bolsa da CAPES.

Meriellen Nuvolari Pereira Mizutani, Universidade Nove de Julho UNINOVE

Mestranda em Cidades Inteligentes e Sustentáveis pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE),MBA em projetos aplicados na Construção Civil pelo Faculdade Cidade Verde, graduação em arquitetura e urbanismo pela UNINOVE e graduação em Tecnologia em Planejamento e Gestão de Empreendimentos na Construção Civil pelo IFSP

Carlos Alberto Nunes de Oliveira, Universidade Nove de Julho UNINOVE

Mestrando em Cidades Inteligentes e Sustentáveis pela Universidade Nove de Julho - UNINOVE, graduado em Engenharia de Produção Mecânica pela UNINOVE (2016) e Pós Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UNINOVE (2018).

References

Abdala, L. N., Schreiner, T., da Costa, E. M., & dos Santos, N. (2014). Como as cidades inteligentes contribuem para o desenvolvimento de cidades sustentáveis? Uma revisão sistemática de literatura. International Journal of Knowledge Engineering and Management (IJKEM), 3(5), 98-120.

Acselrad, H. (1999). Discursos da sustentabilidade urbana. Revista brasileira de estudos urbanos e regionais, (1), 79.

ANFAVEA, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (2019). Carta da ANFAVEA. Recuperado de: http://www.anfavea.com.br/estatisticas.html

Barros, A. D. J. P. D., & Lehfeld, N. A. D. S. (1990). Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. 17ª. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes.

Beepbeep. (2019). Empresa de mobilidade inteligente e sustentável com veículos elétricos. Recuperado de: https://www.beepbeep.com.br/home

Benévolo, Leonardo. História da Cidade. São Paulo: Perspectiva, 6º edição, 2015.

Calmon, Fernando, (2011). Criado em 1901, Lohner-Porsche Mixte foi o primeiro carro híbrido da história. Recuperado de: https://carros.uol.com.br/noticias/redacao/2011/05/20/criado-em-1901-lohner-porsche-mixte-foi-o-primeiro-carro-hibrido-da-historia.htm

Canabarro, Amanda, (2017). Qual foi o primeiro carro elétrico do mundo? Recuperado de https://www.tricurioso.com/2017/08/01/qual-foi-o-primeiro-carro-eletrico-do-mundo/

Capdevila, I., & Zarlenga, M. I. (2015). Smart city or smart citizens? The Barcelona case. Journal of Strategy and Management, 8(3), 266-282.

Castro, Bernardo Hauch Ribeiro de & Ferreira, Tiago Toledo (2018). Veículos elétricos: aspectos básicos, perspectivas e oportunidades. Biblioteca Digital BNDES. Recuperado de https://web.bndes.gov.br/bib/jspui/bitstream/1408/1764/2/BS%2032%20Ve%C3%ADculos%20el%C3%A9tricos%20aspectos%20b%C3%A1sicos%2c%20perspectivas_P.pdf em 12 de Novembro de 2018.

Cocchia, A. (2014). Smart and digital city: A systematic literature review. In Smart city (pp. 13-43). Springer International Publishing.

Cury, M. J. F., & Marques, J. A. L. F. (2016). A Cidade Inteligente: uma reterritorialização/Smart City: A reterritorialization. Redes, 22(1), 102-117.

Déléage, Jean-Paul (1995). L’Avenir des Villes. Écologie et Politique, Paris.

Garau, C., Masala, F., & Pinna, F. (2016). Cagliari and smart urban mobility: Analysis and comparison. Cities, 56, 35-46.

Giffinger, R. & Gudrun, H. (2010). Smart cities ranking: An effective instrument for the positioning of the cities. ACE: Architecture, City and Environment. 4.

Goitia, Fernando Chueva. Breve História del Urbanismo. Madri: Alianza, 3º edição, 2011.

Magagnin, R. C., & da Silva, A. N. R. (2008). A percepção do especialista sobre o tema mobilidade urbana. Transportes, 16(1).

Mattera, Liam. (2017). NASA surpreende ao revelar novo veículo projetado para Marte. Recuperado de: https://autovideos.com.br/nasa-novo-veiculo-marte/#

Matulka, R. (2014) The History of the Electric Car. Energy.gov, Recuperado de: http://energy.gov/articles/history-electric-car

Monezi, C. A. (2005). A visita técnica como recurso metodológico aplicado ao curso de engenharia. São Paulo.

Neto. José Lima de A, (2017). O MERCADO BRASILEIRO DE COMBUSTÍVEIS. Recuperado de: https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/19257/Coluna%20Opiniao%20Fevereiro%20Jose%20Lima.pdf

ONU. (2017, maio 11). Conferências de meio ambiente e desenvolvimento sustentável: um miniguia da Organização das Nações Unidas, (ONU). [Site]. Recuperado de https://nacoesunidas.org/conferencias-de-meio-ambiente-e-desenvolvimento-sustentavel-miniguia-da-onu/

Paixão, André. (2019, setembro 24). Manutenção de carros elétricos pode ser até 50% mais barata, mas exige oficinas mais especializadas. [Site]. Recuperado de https://g1.globo.com/carros/carros-eletricos-e-hibridos/noticia/2019/09/24/manutencao-de-carros-eletricos-pode-ser-ate-50percent-mais-barata-mas-exige-oficinas-mais-especializadas.ghtml

PLUME (2003) – Synthesis Report on Urban Sustainability and its Appraisal, PLUME- Planning for Urban Mobility in Europe.

Raphael Marchiori, (2016). Infraestrutura ainda é desafio para carros elétricos nas cidades do Brasil. Recuperado de: https://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/futuro-das-cidades/infraestrutura-ainda-e-desafio-para-carros-eletricos-nas-cidades-do-brasil-15a7imhaiacauth6j7az6dbwk/

REAM, Reed Exhibitions Alcantara Machado, (2018). Sobre o Evento, Salão do Automóvel de São Paulo. Recuperado de: https://www.salaodoautomovel.com.br/O-Evento/Sobre-o-Evento/

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo (2018). Feira de exposição de fabricantes e montadoras de veículos importados e nacionais trazendo perspectivas futuras do mercado entre veículos comerciais. Recuperado de: https://www.salaodoautomovel.com.br/ Nota: Visita Técnica na feira, dia 10/11/2018.

Santana, J. M. (2015). Mobilidade Urbana e a Pobreza da Cidadania. Revista Ambivalências, 2(4), 214-229.

Santos, Antônio F. G. (2018), IBM Senior IT Architect. Veículos Autônomos. Recuperado de: https://www.ibm.com/developerworks/community/blogs/tlcbr/entry/mp304?lang=en

Vaz, L. F. H., Barros, D. C., & Castro, B. H. R. D. (2015). Veículos híbridos e elétricos: sugestões de políticas públicas para o segmento.

Vitiello, Soraia Cristina Barroso. (2018). As intervenções das políticas urbanas na morfologia das construções e sua relação com a sustentabilidade da cidade: estudo de caso no bairro da Mooca. Dissertação (Mestrado): Universidade Nove de Julho. São Paulo, 174f.Butler A. Letza S.R. and Neale B. (1997), Linking the Balanced Scorecard to Strategy, Long Range Planning, Vol.30, No.2.

Published

2020-09-20

How to Cite

Beté, T. de S., Conti, D. D. M., Mizutani, M. N. P., & de Oliveira, C. A. N. (2020). Veículos Sustentáveis para a Mobilidade Urbana nas Cidades do Futuro. International Journal of Professional Business Review, 5(2), 163–178. https://doi.org/10.26668/businessreview/2020.v5i1.169